O Curso de Enfermagem da UNISC tem duração de 10 semestres. No primeiro semestre do curso, os vestibulandos ingressantes possuem aulas teóricas no turno da tarde e aulas práticas assistidas no turno da manhã em semestres subsequentes. No segundo semestre do ano letivo os alunos ingressantes realizam as aulas teóricas no turno da noite e as aulas práticas assistidas no turno da tarde; sendo que os estágios curriculares finais acontecem nos dois últimos semestres. O Curso de Enfermagem da UNISC tem como compromisso formar enfermeiro generalista, humanista, crítico, reflexivo, cidadão, criativo, construtivo, sensível, empreendedor, autônomo, versátil, sobretudo solidário e justo e com boas relações interpessoais, qualificado para o exercício da enfermagem com base no rigor científico e intelectual, pautados em princípios éticos, sujeito do seu processo de formação, capazes de promover a transformação social através de práticas educativas articuladas aos cenários de práticas demandadas de conhecimentos produzidos nas práticas sociais. Essas, voltadas à transformação da realidade de atuação, e ao perfil epidemiológico nacional com preocupação na essência do cuidar, capaz de gerar conhecimento e transformá-lo em capacidades ou competências múltiplas para o agir em enfermagem de forma a atender novos paradigmas emergentes, identificando as dimensões biopsico-sociais dos seus determinantes.

A concepção curricular do curso abre perspectivas para que o profissional adquira conhecimentos, habilidades de forma à atuar em consonância com os princípios éticos e políticos da profissão. O enfermeiro egresso deste curso está habilitado a atuar nos serviços de saúde, inclusive no âmbito empresarial. O curso de graduação em Enfermagem dispõe determinantes estratégias para relacionar ensino e aprendizagem de teoria e prática em um currículo integrado, dispondo de laboratórios, atendimento de enfermagem através da clínica escola SIS – Serviço Integrado de Saúde, prestando serviços de saúde à comunidade acadêmica e regional, contando com diversos campos de práticas/estágios, podendo atuar em hospitais, ambulatórios, consultórios, unidades sanitárias, clínicas, empresas, creches, instituições de saúde e outras organizações sociais. Assim, o curso oportuniza ao acadêmico de enfermagem desenvolver atividades de pesquisa e extensão articulando a teoria à prática acadêmica e os serviços e que levem também à construção de conhecimentos necessários à solução dos problemas partilhados, integração ensino-serviço ao trabalho, em consonância com as diretrizes e princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

O profissional enfermeiro ao final do curso, habilitado nesta proposta deve ter competência profissional para atuar e refletir diante da diversidade e complexidade de cenários, comprometendo-se com a identificação das necessidades de saúde individuais, coletivas e sociais, com planejamento e a efetivação de ações de saúde e de educação com ênfase na prevenção, conferindo capacidade de mobilizar, articular, colocar em ação valores, conhecimentos e habilidades necessárias para o desempenho eficiente e eficaz de atividades requeridas pela natureza do trabalho, desta forma o enfermeiro será capaz de gerenciar o cuidado nos serviços  de enfermagem e de saúde, aptos a assumir posição de liderança, comunicação, tomada de decisão, atenção à saúde, administração e gerenciamento. Produzir e consumir pesquisa, buscar o aperfeiçoamento técnico-científico e a evolução do conhecimento e do uso de novas tecnologias. Essas características direcionam o profissional enfermeiro formado para o uso pleno de sua cidadania, reforçando sua autonomia intelectual e decisória.